Blog

Fique por dentro das novidades

Tudo o que você precisa saber sobre os principais tipos de construção

tipos de construção

Comprar lote e optar por construir a própria casa é um grande passo a ser dado. Mas por acaso você sabe quais os tipos de construção mais te agradam? É muito comum que o proprietário não se questione sobre isso, por não ser algo de seu domínio. Acontece que o tipo da construção influencia muito na qualidade que você terá dentro daquele ambiente.

Sua casa precisa ser um lar! Pode ser o seu lugar de trabalho e de descanso, e é onde você precisa se sentir bem. Por isto, informar-se sobre tipos de construção é essencial para ajudá-lo a escolher o estilo que mais se adapta ao seu ritmo de vida. Claro que os serviços de um arquiteto e/ou engenheiro são essenciais, mas você pode (e deve) escolher cada detalhe deste investimento.

Além disto, características como o lugar que você vai morar, o tipo de terreno, o clima, podem influenciar no modelo de imóvel a ser construído. Sendo assim, é melhor pesquisar muito bem antes de começar as obras.

Pensando nisso, selecionamos os principais tipos de construções para você se informar melhor na hora de decidir. Acompanhe a seguir!

Alvenaria

Um dos estilos mais comuns, é comumente composto por materiais como tijolos, concreto ou cerâmicas. Não é por acaso que a alvenaria é amplamente utilizada: em qualquer loja específica são encontrados os materiais necessários. A mão de obra também é mais fácil de ser encontrada e o projeto pode ser muito mais flexível. Isto porque a liberdade arquitetônica é maior, além da possibilidade de construir edifícios mais altos, ideais para as grandes cidades.

É necessária a criação de vigas e pilares, porque os tijolos não têm função estrutural. A alvenaria também se comporta bem em casos de abalos sísmicos e tem uma “inércia térmica” muito boa. Isto significa que o edifício pode resistir muito bem a variações de temperatura.

Algumas desvantagens residem no fato de tratar-se de uma construção mais fria, de modo que o desempenho no isolamento não é dos melhores. A alvenaria também gera muito desperdício de material, e é comum que apresente fissuras com o passar do tempo.

Bloco de concreto

Muito comum nos Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, os blocos de concreto também têm ganhado espaço no Brasil por sua versatilidade e resistência. Além do ar moderno que conferem às construções, têm gastos e mão-de-obra reduzidos. Desta forma, são amplamente utilizados pelas grandes construtoras, porque sua utilização otimiza também o tempo.

Quando pensamos em sustentabilidade, este material também se destaca pela capacidade de reciclagem. Os resíduos podem ser utilizados para fazer outros blocos! Algumas das desvantagens são eventuais alterações estruturais depois de o projeto pronto e uma condição termo acústica não tão favorável.

Madeira

As casas de madeira têm o seu charme. Podem ser escolhidas em modelos que já existem ou serem personalizadas de acordo com o gosto do proprietário. Os alicerces são tradicionais, de concreto, e os outros componentes são pré-fabricados para serem montados depois sobre a estrutura. Neste estilo de construção, destacam-se (além da beleza) o custo reduzido e o conforto termo acústico. A manutenção, no entanto, pode se apresentar como uma desvantagem: a madeira é um material muito delicado que precisa de cuidados constantes para sua preservação.

Há diversos tipos de madeira e cada um tem um objetivo e utilização. Algumas têm mais vida útil do que outras, sendo mais utilizadas para o exterior do imóvel. Outras, no entanto, são mais adequadas para construção interna, como as madeiras de reflorestamento. Cabe analisar com o profissional qual material mais se adequa ao seu projeto.

Existem inúmeras possibilidades e modelos para se inspirar. Estilos como pedras, adobe, bambu, são menos comuns no Brasil mas podem ser muito bem empregados dependendo do objetivo da construção. Casas sustentáveis também se apresentam como uma ótima alternativa para reduzir os danos ao meio ambiente e viver bem.

Na dúvida, consulte um especialista que poderá te auxiliar melhor neste processo. Agora que tal dar uma olhada nos estilos de decoração para se inspirar um pouco mais?