Blog

Fique por dentro das novidades

Covid-19 e o mercado imobiliário: o que esperar após a pandemia?

A Covid-19 e a pandemia causada pelo novo coronavírus alterou todas as expectativas do mercado imobiliário. Em outras palavras, a possível alta de 3% projetada para 2020 dificilmente irá acontecer. Contudo, a primeira alta desde 2014 da Construção Civil – alcançada em 2019 – geraram otimismo para o segmento. Então, o que é possível aguardar para o período após a pandemia?

É importante entender que o Brasil já teve outras situações adversas por causa da economia nacional e até mesmo mundial. Porém, da última vez que isso aconteceu, a recuperação foi lenta e gradativa. Como exemplo podemos lembrar da crise imobiliária estadunidense de 2008. 

O mercado imobiliário aponta para prosperidade pós COVID-19

Se o exemplo da crise de 2008 aponta para alguma previsão, um deles é o de melhora. Ainda que a dificuldade naquele momento tenha impactado os negócios, o pós crise foi satisfatório. Primeiramente porque gerou valorização imobiliária no Brasil de 121% em apenas cinco anos. Em seguida, porque houve redução de tarifas importantes para o mercado imobiliário, com a Taxa Selic.

Importante frisar que em 2015 ela chegava em torno de 14%. A partir disso a procura de financiamentos imobiliários caiu e a taxa chegou ao seu menor patamar. Segundo a última ata do Copom, hoje ela é em torno de XXXXXX.

117 mil novos postos de trabalho em 2019

Pensar no mercado de trabalho é pensar em tudo que envolve o segmento. Muito além de construções e empreendimentos, o setor foi responsável pela criação de 117 mil novos postos de trabalho em 2019. E este envolvimento relevante na economia, gera um conforto temporária por prever que o atual cenário é apenas de pausa. Se por um lado as recomendações da OMS precisam ser atendidas – e vários lançamentos serão adiados – por outro há um mercado em ebulição que não irá parar.

Alternativas online são uma saída para o mercado imobiliário em tempos de COVID-19

Não apenas agora, mas após o fim da pandemia, o mercado irá mudar significativamente. Primeiro, pela forma e condições de venda. Um exemplo são os estandes atrativos que já estão sendo trocados por tours virtuais em sites.

Além disso, o envio de documentos, assinatura de contrato e negociações online já são realidade. E uma resposta positiva para minimizar os impactos da quarentena.

Sim, devemos entender que a aquisição de terrenos ou empreendimentos requer mais tempo porém, com todos em casa, é normal que possam gastar mais tempo procurando possibilidades novas de negócios.

Covid-19 não cria uma corrente pessimista no mercado imobiliário

É importante salientar que não há aqui uma busca por mágica ou solução simples. Há sim fatores importantes e não previsíveis com a pandemia mas isso nunca é o único norte do mercado. Por isso é sabido que o aquecimento anterior terá diminuição relevante nos próximos meses. No entanto, o pensamento no digital e suas possibilidades pode soar como um caminho viável.

E mostrando nosso alinhamento com o que há de mais moderno e sofisticado, o Versailles Ville de France já conta com estrutura completa para você adquirir seu terreno pelo site.

Clique em um dos ícones abaixo e saiba mais.

Entre em contato conosco Whatsapp - previsões pós covid-19Entre em contato conosco Youtube - previsões pós covid-19Entre em contato conosco Linkedin - previsões pós covid-19Entre em contato conosco Fale conosco - previsões pós covid-19