Blog

Fique por dentro das novidades

Como harmonizar a construção com os padrões do condomínio

Prrédios visto de uma janela

Os condomínios possuem regras próprias para construções imobiliárias.

Isso significa que ao construir em seu lote é preciso seguir normas básicas para criar uma padronização nas construções. As regras podem incluir desde o tamanho mínimo do imóvel até ao limite de pavimentos. Mas se muito consideram que estas medidas prejudicam a proposta do dono, é importante considerar que elas têm um motivo: a harmonização.

Harmonizar sua construção com os padrões do condomínio evitam, por exemplo, o surgimento de prédios em um condomínio com casas. E também garantem privacidade e conforto aos futuros vizinhos.

Mas se você ainda tem dúvida de como adequar seu projeto ao permitido pelo condomínio, preparamos este artigo para esclarecer todos estes pontos.

Assessoria profissional

Quem pretende iniciar a vida familiar ou dar continuidade a ela morando em condomínios, precisa ter em mente pontos importantes. O primeiro deles é um planejamento apropriado para a execução da obra. E para isto, a contratação de um arquiteto é primordial.

Um bom planejamento evita desgastes e diminui bastante a chance de problemas indesejados. Um arquiteto de confiança conseguirá conduzir todo o processo pensando nos mínimos detalhes e isto será valioso para o sucesso da obra. Além disto, você consegue economizar na obra e valorizar seu patrimônio!

Pense bem. Existem regras importantes para a construção de uma residência em condomínios e um profissional entenderá sobre todas elas.

Edificações em condomínios possuem regulamento interno

Ao iniciar sua construção, você precisa ter em mente que condomínios tem restrições convencionais baseadas em um regulamento. Como cada condomínio possui especificidades de acordo com a construção, é necessário conhecer todas.

Qualquer projeto que descumprir a normas estabelecidas pelo condomínio será passível de multa ou problemas posteriores. Por isso, se atenha a estas regras. Ainda que muitos achem que elas atrapalham na execução de um projeto diferenciado, lembre que é esta padronização que torna o condomínio atrativo e viável.

Sem contar que, com criatividade, um bom arquiteto poderá construir sua casa do seu jeito e nas regras do condomínio.

Recuos, limites e altura da edificação

Uma regra padrão em todos os condomínios diz respeito a recuos e altura da edificações. Logo, os recuos e limites são exigidos para garantir insolação e ventilações adequadas tanto nos espaços internos quantos externos. Além disso, eles garantem privacidade e conforto à edificação. Caso contrário, teríamos construções muito próximas ou sem padronização.

Já a altura visa não apenas padronizar todo o loteamento, mas também criar uma unidade visual e harmoniosa na paisagem construída. Isso valoriza, esteticamente, a sua construção.

Por isso, considere estas regras de maneira responsável.

Execução e gerenciamento da obra

Não há nada mais problemático para um vizinho do que obras externas que atrapalham seu cotidiano. Por isso, considere sempre minimizar o impacto no ambiente, respeitando regras de silêncio e tolerância.

É importante combinar com o responsável de comunicar à vizinhança seus horários inclusive até modificá-los se assim for necessário.

E não se esqueça de um armazenamento adequado, limpeza da obra e uso responsável dos espaços em comum.

A construção é temporária mas os vizinhos talvez não sejam.

Instalações prediais e construções

E por último, não desconsidere a parte interna, relativa às redes de esgoto e água.

Além disso é preciso que se identifique os padrões e localização de ligação além de suas dimensões e funcionalidades.

Quanto mais similar ao que já funciona no local, maiores serão as chances de uma instalação bem sucedida. Por isso informe-se com as pessoas próximas que já construíram.

E após sua construção, que tal ler sobre como decorar o seu novo espaço?

Basta clicar em um dos ícones aí embaixo e se informar mais sobre nós.